Você sabia? Dia 13 de maio é comemorado o Dia da Abolição da Escravatura.

Em: 12 de maio de 2016
Na Categoria: Notícias

A partir da segunda metade do século XIX, vários intelectuais, escritores, jornalistas e políticos discutiam a relação existente entre a utilização da mão de obra escrava e a questão do desenvolvimento nacional. Enquanto as nações europeias se industrializavam e buscavam formas de ampliar a exploração da mão de obra assalariada, o Brasil se afastava desses modelos de civilidade ao preservar a escravidão como prática rotineira.

De fato, mais do que uma questão moral, a escravidão já apresentava vários sinais de decadência nessa época. A proibição do tráfico encareceu o valor de obtenção de uma peça e a utilização da força de trabalho dos imigrantes europeus já começava a ganhar espaço. Com isso, podemos ver que a necessidade de se abandonar o escravismo representava uma ação indispensável para que o Brasil viesse a se integrar ao processo de expansão do capitalismo.

A Inglaterra, mais importante nação industrial dessa época, realizava enormes pressões para que o governo imperial acabasse com a escravidão. Por de trás de um discurso humanista, os britânicos tinham interesse real em promover a expansão do mercado consumidor brasileiro por meio da formação de uma massa de trabalhadores assalariados. Paralelamente, os centros urbanos brasileiros já percebiam que o custo do trabalhador livre era inferior ao do escravo.

Respondendo a esse conjunto de fatores, o governo brasileiro aprova a Lei Eusébio de Queiroz, que, em 1850, estipulou a proibição do tráfico negreiro. Décadas mais tarde, a Lei do Ventre Livre (1871) previa a liberdade para todos os filhos de escravos. Esses primeiros passos rumo à abolição incitaram a criação da Sociedade Brasileira contra a Escravidão e, três anos mais tarde, no estabelecimento da Confederação Abolicionista, em 1883.

Apesar de toda essa efervescência abolicionista manifestada em artigos de jornal, conferências e na organização de fugas, vários membros da elite rural se opunham a tal projeto. Buscando conter a agitação dos abolicionistas, o Império Brasileiro aprovou a Lei Saraiva-Cotegipe ou Lei dos Sexagenários, que previu, no ano de 1885, a libertação de todos os escravos com mais de 65 anos de idade. Na prática, a lei atingia uma ínfima parcela de escravos que detinham um baixo potencial produtivo.

Confira a matéria completa. Link.

SOUSA, Rainer Gonçalves. “Dia da Abolição da Escravatura”; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/datas-comemorativas/dia-abolicao-escravatura.htm>. Acesso em 12 de maio de 2016.


Suêd Haidar
Presidente Nacional do PMB

Fale Conosco

ST SDS, Bloco P, Sala 205
Edifício Venâncio III,
Asa Sul - Brasília/DF
CEP: 70393-902
TEL: (061) 3224-0035

Imprensa

Tel: (21) 3217-7454
imprensa@pmb.org.br

Receba nossas novidades
[]
1 Step 1
Seu Nome
Previous
Next

PMB Nos Estados

TO BA SE PE AL RN CE PI MA AP PA RR AM AC RO MT MS GO PR SC RS SP MG RJ ES DF PB
Este Estado ainda não possui Comissão Provisória.
Presidente Acre:

Alexandre Damasceno

Clique e saiba mais

Presidente Alagoas:

André Monteiro

Clique e saiba mais

Presidente Amapá:

Luciana Gurgel

Clique e saiba mais

Presidente Amazonas:

Charles Sampaio

Clique e saiba mais

Presidente Bahia:

Amaury Nascimento

Clique e saiba mais

Presidente Brasília:

Léia Santos

Clique e saiba mais

Presidente Ceará:

Patrícia Aguiar

Clique e saiba mais

Presidente Espírito Santo:

Jacqueline Nonato

Clique e saiba mais

Presidente Goiás:

Rosilene Guimaraes

Clique e saiba mais

Presidente Maranhão:

Efigenia Tavares

Clique e saiba mais

Presidente Minas Gerais:

Gláucia Rodrigues

Clique e saiba mais

Presidente Mato Grosso:

Milton Simplício

Clique e saiba mais

Presidente Pernambuco:

Juliana Paranhos

Clique e saiba mais

Presidente Paraíba:

Evani Ramalho

Clique e saiba mais

Presidente Paraná:

Alisson Anthony

Clique e saiba mais

Presidente Roraima:

Sandra Gomez

Clique e saiba mais

Presidente Rio de Janeiro:

Sidclei Nogueira da Silva Bernardo

Clique e saiba mais

Presidente Rio Grande do Norte:

Raimundo Mendes

Clique e saiba mais

Presidente São Paulo:

Jaime Fusco

Clique e saiba mais

Presidente Sergipe:

Alice Moura

Clique e saiba mais

Presidente Tocantins:

Meire Carreira

Clique e saiba mais

Presidente Pará:

Henriette Barros

Clique e saiba mais

Presidente Piauí:

Graça Amorim

Clique e saiba mais

Presidente Mato Grosso do Sul:

Pedro Pedrossian

Clique e saiba mais

Rondônia:

Clique e saiba mais

Presidente Santa Catarina:

Clique e saiba mais

Presidente Rio Grande do Sul:

Thomaz Campos

Clique e saiba mais